logo-pontomais-sos02

Como cadastrar o relógio ponto

Empresas que utilizam relógio ponto físico e integram com o Sistema Pontomais, seja por meio do Pontomais Collector ( software que integra automaticamente os pontos, conhecido também como coletor) ou AFD (quando o arquivo é extraído e importado manualmente), precisam cadastrar o relógio no sistema.

Como faço para cadastrar o relógio?

Selecione o menu “Configurações” e clique na opção “Relógios ponto”;

Clique no botão “+ Relógios ponto” no canto esquerdo superior da tela;

Agora você deve preencher todas as informações solicitadas sendo elas:

Código:

Neste campo deverá ser cadastrado um código para identificar o relógio.

Unidade de negócio:

Nesse caso deverá ser informado qual é a unidade de negócio que esse relógio pertence.

Nome:

Neste campo deverá ser informado um nome para o seu relógio.

Acesso aos dados:

Nesse campo deverá ser informado qual será o meio de comunicação com esse relógio, se for online é via coletor e se for manual é AFD.

Modelo do equipamento:

Aqui deverá ser cadastrado o modelo/marca do relógio.

Local:

Neste campo deverá ser informado o local onde o equipamento está localizado

Exemplo: ex: Cozinha, Recepção, Portaria, etc.

Data de início da coleta:

Quando você concluir o processo de integração do equipamento, o sistema irá ler todos os pontos do seu relógio, e ele irá enviar os pontos somente a partir da data informada neste campo.

Será possível solicitar os pontos de até 60 dias retroativos.

Endereço IP:

Neste campo deverá ser informado qual é o IP do seu relógio. O IP é a identificação do relógio dentro da rede, e será a forma como o Pontomais irá localizá-lo para coletar os pontos.

Porta TCP (Protocolo de controle de transmissão):

Cada equipamento de relógio possui uma porta de comunicação exclusiva, essa porta pode ser verificada no menu de configurações do relógio.

Número de fabricação:

Nesse campo deverá ser informado o número de fabricação do relógio, para verificar essa informação, ao lado do relógio existe uma placa colada a ele, com essa informação, é um código numérico de 17 dígitos.

Email(s) para notificações:

Nesse campo deverá ser informado um e-mail para notificações em caso de algum problema com a coleta.

Usuário:

É um usuário de acesso às configurações do relógio.

Senha:

É a senha de acesso às configurações do relógio.

CPF:

Alguns modelos de relógio solicitam um CPF no momento da instalação.

Chave de comunicação:

Alguns relógios podem pedir essa informação, nesse campo basta colocar o numeral 0 (zero).

Obs: Modelo RWTech Ipointline a chave está no manual do relógio ou diretamente com o fabricante.

Chave RSA privada:

Alguns modelos de relógio podem solicitar uma criptografia a mais para transferência de dados, para verificar qual a chave RSA privada é só inserir um pen drive no relógio de ponto e exportar essa informação.

Chave RSA pública:

Alguns modelos de relógio podem solicitar uma criptografia a mais para transferência de dados, para verificar qual a chave RSA pública é só inserir um pen drive no relógio de ponto e exportar essa informação.

Após salvar as informações, o relógio ficará salvo, podendo ser editado ou excluído, mostrará às informações de status caso seja coleta online, e mostrará o histórico de importações se for manual via AFD.

E cada item tem sua funcionalidade, conforme descrição abaixo:

Editar:

Usado para editar as informações do relógio cadastrado.

Excluir:

Usado para excluir o relógio do sistema.

Importar AFD:

Usado para importar o arquivo AFD.

Histórico de importações:

Traz histórico de importações de AFD no cadastro deste relógio

Após os relógios estarem cadastrados é possível realizar a integração com nosso Pontomais Collector. Para saber mais sobre esse processo clique aqui.

Se precisar de auxílio ou restar alguma dúvida, estamos disponíveis pelo chat e através de nosso e-mail meajuda@pontomais.com.br